O Inbound Marketing.

Você já imaginou como seria receber seus clientes em sua porta, sem nenhuma dúvida sobre os serviços e produtos de sua empresa, já sabendo exatamente qual é a sua necessidade e buscando apenas registrar sua compra?

Pois bem, é exatamente isso que o Inbound Marketing procura fazer. Em suma, o Inbound Marketing é o marketing focado no cliente e em suas necessidades, que visa obter novos e reter antigos clientes através de estratégias de marketing aplicados de forma coordenada e sincrônicas, ‘educando’ seus possíveis clientes sobre suas necessidades e soluções.

“Você precisa criar conteúdo que é ridiculamente bom – conteúdo que é útil, agradável e inspirador.”

Ann Handley, Diretora de Conteúdo da MarketingProfs

Na contramão do marketing tradicional e de suas técnicas por muitas vezes “intrusivas”, o Marketing Inbound propõe a atração de seus potenciais clientes através do seu próprio conteúdo, que além de despertar interesse, também instrui e capacita seu público para a compra. Sim, pode parecer simples, mas até a implantação dos conceitos e práticas, é necessário uma análise e planejamento específico para a execução ideal do Marketing Inbound.

Se o Marketing Inbound é focado no cliente e suas necessidades, como identificar eles ?

Uma das primeiras e fundamental etapa do Inbound é a análise para criação da Buyer Persona do seu negócio. Ela é a personificação do seu comprador ideal e servirá para o planejamento de todas suas estratégias, inclusive para detectar que tipo de conteúdo ela está buscando para tomar a decisão da compra. Entretanto, a decisão de compra é o último estágio na Jornada do Comprador, que por sua vez é composta de mais dois estágios iniciais, sendo eles o Estágio da Consciência, onde o usuário sabe que precisa de algo mas não do que precisa, e o Estágio da Consideração, já com a ciência do que precisa e atrás de soluções.

Dessa forma, é possível alcançar seu comprador ideal, compreendendo seus anseios através dos diferentes estágios da compra, o fomentando e conduzindo sempre ao próximo estágio para finalmente atingir seu objetivo final; o tornar em um cliente.

Achou complicado ? Pense nos estágios para um diagnóstico médico, primeiro você se da conta que está doente, para assim fazer uma consulta médica e diagnosticar sua enfermidade, e por fim receber uma prescrição médica para o medicamento e procedimentos a serem tomados. É dessa forma que o Marketing Inbound trata seu “paciente”, porém há uma gama de medicamentos e procedimentos a serem tomados.

Etapas e procedimentos do Inbound

Como falado anteriormente, os clientes querem não apenas uma venda, mas que você o instrua e informe para ele mesmo ser capaz de fazer a decisão que não irá se arrepender. E todo esse processo é separado em cinco etapas principais.

Cada uma de suas etapas possuem uma função e momento específico, de forma que elas virem engrenagens em uma roda propulsora, precisando apenas do impulso e força para rodar naturalmente. Contudo, para o impulso inicial, a criação de uma boa estratégia SEO focada em sua persona é imprescindível, pois será responsável pela atração dos desconhecidos ao seu site procurando algo pertinente à sua pesquisa.

E o que eles encontrarão ? Seu conteúdo, que será a essência do seu negócio e sua “marca”, e quanto melhor elaborado, mais relevante para o seu potencial cliente ele será. Ele não é só importante para a etapa de atração, mas sim para todas etapas que fundamentam o Marketing Inbound e, em conjunto com outras táticas de marketing digital, te ajudará a converter um visitante em lead, fechar esse lead em cliente e, por fim, encantar esse cliente o tornando em um divulgador natural do seu negócio. Existe um cliente melhor que aquele que lhe proporcionará outros clientes?

A importância do Smarketing no ciclo Inbound

Sim, um cliente satisfeito e divulgador de seus serviços é o objetivo principal de muitas empresas, e é isso que o Marketing Inbound proporciona. Porém esse não é um trabalho exclusivo para o marketing, principalmente em uma das etapas mais decisiva; a venda.

Para a realização desse processo é necessário o alinhamento das equipes de marketing, tanto para os objetivos quanto para os processos, além de, acima de tudo, manter o planejamento inicial. Esse processo, também conhecido como Smarketing, é de suma importância, pois todo o trabalho feito para conquistar um lead pode ser jogado fora se as equipes não estiverem na mesma sintonia e assim executarem ações que contradizem com as arquitetadas no início do projeto. Dessa forma o Smarketing trabalha para evitar interferências no ciclo Inbound e concentrar no maior objetivo em comum entre as duas equipes, o faturamento.

Por que adotar estratégias de Marketing Inbound no seu negócio?

O Inbound Marketing possui muitas vantagens se comparado com o modo tradicional de fazer marketing, ainda mais por se tratar de um método com procedimentos planejados e interligados. Com isso em conta, explicaremos suas principais vantagens.

Medir: Todo e qualquer centavo investido em estratégias de Marketing Inbound terá retorno e você conseguirá mensurar ele, saber exatamente onde você aplicou e onde te proporcionou um retorno maior. Dessa forma, você conseguirá avaliar qual é o melhor processo para você.

Eficiência: Sua eficácia é enorme porque você tem a possibilidade de escolher quem, quando e onde atinge. Você investirá apenas naquele público que lhe interessa, e caso ainda não saiba quem são, você saberá identificar na fase do planejamento do seu cliente ideal.

Retenção: Manter um cliente é muito mais barato e rentável do que conquistar um novo para sua empresa. Essa premissa é consenso para muitos empresários, e com o Marketing Inbound você consegue ir além. Você terá a satisfação do seu cliente, a ponto de lhe encantar e ser transformado em um divulgador, ou seja, você terá um cliente retido que o trará mais clientes.

Não há mais dúvidas por que investir em uma estratégia de marketing moderna e atrativa. Ou há?

Faça uma avaliação do seu negócio conosco!